Ferramentas estratégicas para recuperação de crédito

 em Sem categoria

O desenvolvimento tecnológico tem sido determinante para a evolução de diversos setores da economia, e na área de Recuperação de Crédito não é diferente.

O mercado vem apresentando cada vez mais soluções para mitigar as dificuldades que os credores rotineiramente encontram no curso do processo de recuperação, e atualmente, diante da disponibilidade de diversas ferramentas com esse fim, é de extrema importância entender quais são as melhores e qual o seu uso ideal.

 

Recuperação de Crédito e a LGPD

Em primeiro lugar, merecem destaque as ferramentas de coleta de dados gerais, cujo resultado costuma ser apresentado em formato de “relatório cadastral”. Desde endereço, a participações societárias, essa modalidade auxilia nas análises preliminares do devedor.

Muito embora a tendência seja que na fase de análise para concessão de crédito já tenham sido coletados dados, fornecidos diretamente pelo devedor, é importante validá-lo em bases de dados disponíveis. Importante destacar que, dentro dos ditames da Lei Geral de Proteção de Dados, o setor de recuperação de crédito se enquadra na hipótese do legítimo interesse, estando em perfeita conformidade tal coleta, desde que respeitada a forma de tratamento.

 

Ferramentas Estratégicas e a Inadimplência

Muitas dessas ferramentas também são acompanhadas de indicadores para a análise de crédito que, embora normalmente seja utilizado em fase distinta da recuperação, podem vir a ser relevantes na situação de inadimplência, pois é sempre prudente avaliar a situação do devedor na praça em geral.

Quando a ênfase da coleta de dados forem as participações societárias, outra modalidade de ferramenta pode ser mais interessante do que a mera consulta de bancos de dados que retornam “relatórios”: Os diagramas de vínculos.

Tratam-se de representações gráficas de pessoas (físicas ou jurídicas) e de seus vínculos (familiares, societários, administrativos, entre outros), que apresentam uma melhor visualização ao analista do que relatórios em formato de planilhas.

A possibilidade de observar a rede de relacionamentos de um devedor de forma gráfica facilita o processo de análise da estrutura, sendo possível em muitos casos verificar logo no início a existência de um grupo econômico, ou de eventual estrutura de migração das atividades para outras pessoas jurídicas, cujo conhecimento é de extrema importância para o credor, seja para fins de negociação, seja para fins de execução judicial.

Também é de grande valia a utilização de ferramentas que consolidem buscas extrajudiciais. O credor pode unificar e controlar buscas realizadas em âmbito judicial com facilidade em sistemas de agenda/gestão de processos, entretanto nem sempre esses sistemas são os mais adequados para pesquisas extrajudiciais.

É importante destacar também que mesmo departamentos de cobrança massificada, por mais especializados e bem estruturados que sejam, normalmente enfrentam dificuldades no gerenciamento de buscas extrajudiciais, pois estas exigem muito mais acompanhamento que pedidos realizados em juízo.

Para esse fim, existem plataformas que facilitam a promoção das buscas, com uma gestão completa do processo de solicitação e encaminhamento da documentação resultante a nível nacional, o que faz com que o credor tenha o trabalho apenas de apontar a direção.

Por fim, algo inovador que vem ganhando força no mercado são ferramentas de cruzamento de dados. Funcionam como uma espécie de aprimoramento das modalidades citadas anteriormente, como as ferramentas de emissão de relatórios cadastrais ou de organização de diagramas de vínculos.

A ideia aqui é um cruzamento eficiente das informações encontradas, de forma a apontar ao credor outras informações que possam ser importantes, como na seguinte situação: Através da identificação de um endereço vinculado ao devedor pessoa jurídica, trazer também informação de outras empresas estabelecidas nesse endereço, o que pode acabar denunciando uma entidade que funcione como estrutura espelho do devedor, e que poderia não ter sido identificada por outra via que não fosse a confrontação de endereços.

As ferramentas disponíveis não se limitam apenas às demonstradas. Fato é que, além da infinidade já existente atualmente, a evolução da tecnologia, principalmente no tratamento de dados, trará cada vez mais opções para que os credores aprimorem seus processos de Recuperação de Crédito, que, conforme exposto ao longo deste artigo, tem muito a ganhar com a utilização dessas ferramentas.

Diante deste cenário, a Leme Forense tem se destacado cada vez mais no setor tecnológico, sucesso esse que demanda do uso das ferramentas corretas e do melhor direcionamento na tomada de decisões. Com know how de mais de 10 anos de experiência, na Leme todos os projetos são direcionados com esses dois princípios para garantir a melhor efetividade aos clientes.

Nesta trajetória, já contabilizamos em nossos projetos mais de R$ 8 bilhões em patrimônios identificados. Isso porque, ao dispor de um conjunto de informações qualificadas, nossos clientes podem definir as melhores estratégias de atuação, principalmente durante a recuperação de crédito.

Portanto, para que consiga ter sucesso na jornada de recuperação de crédito, é de extrema importância usufruir de ferramentas estratégicas que além de te ajudar a ganhar agilidade também lhe ajudará a poupar tempo e esforços. Sendo assim, conte com quem mais entende de Investigação Patrimonial, clique aqui para conhecer a forma como trabalhamos!

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Lei 14.181Investigação Patrimonial