Impactos da pandemia na recuperação de crédito

 em Sem categoria

Num cenário de incertezas, prever o futuro do mercado de recuperação de crédito é desafiador. No entanto, é possível sentir os impactos da pandemia do Covid 19 e como isso poderá mudar o futuro do mercado.

Segundo o Painel de Crédito do Banco Central do Brasil, a carteira de crédito de pessoa jurídica do primeiro semestre de 2020 era de R$1.1 Tri, já no mesmo período de 2021 passou a ser de R$1.3 Tri. Logo, em ativos problemáticos era de 13,5% e em 2021 foi para 15,9%.

Conforme o Mapa da Inadimplência do 1º semestre de 2020 pelo Serasa Experian, o número de pessoas físicas endividados cresceu 2,7% enquanto o de pessoas jurídicas aumentou 7,3%, isso comparado ao mesmo período do ano anterior.

Apesar disso, o número médio de dívidas caiu. Isso se deve, principalmente, as medidas protetivas por parte do governo, que ampliou os prazos de negativação, concedeu benefícios empresariais, entre outros.

O que tudo indica que as empresas podem ter iniciado os processos de renegociação, cobrança amigável ou a concessão de prazos maiores para a retomada de pagamentos, ou ainda o represamento de dívidas.

Mitigação dos riscos da Inadimplência

Ainda assim, em meio a essa crise e dos impactos da pandemia é de extrema importância que os credores tomem decisões preditivas para conseguirem mitigar os riscos da inadimplência e assim garantir o recebimento de seus créditos.

Para isso, é necessário fazer um monitoramento patrimonial do devedor, ainda mais se tratando de grandes dívidas em que alguns grupos empresariais tendem a implementar métodos financeiros de ocultação de bens.

Uma vez que, um devedor bem assessorado consegue estruturar seus bens patrimoniais em formatos que dificultam a atuação dos credores pelo crédito a ser recuperado.

Até mesmo para poder identificar as estratégias adotadas pelos devedores para a inadimplência, e assim estar à frente de outros possíveis credores, na disputa de seus créditos.

E as vantagens desse monitoramento são muitas, como mitigação de riscos, conhecimento da real estrutura econômica do devedor, identificação de grupos econômicos, estruturas empresariais sem atividade financeira e outros.

Soluções para a Recuperação de Crédito

Ao perceber essas e outras dificuldades que os credores enfrentam para identificar bens do devedor, devido às inúmeras estratégias de ocultação patrimonial. A Leme Inteligência Forense, tem uma cadeia de soluções do crédito à cobrança, que vai desde a investigação patrimonial a inteligência de mercado e análise de riscos.

Sua metodologia de Investigação Patrimonial é uma das mais inovadoras do mercado e graças a sua tecnologia própria, onde é usado de Inteligência Artificial, Big Data e Machine Learning, vai de encontro com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) que entrou em vigor esse ano e já está em vigência.

Além disso, também conta com uma equipe de especialistas que são altamente capazes de analisar os prós e os contras em uma situação como essa, entregando o direcionamento ao credor para ele poder tomar as melhores decisões.

Clique aqui agora mesmo e descubra como um dos especialistas da Leme Inteligência Forense pode te ajudar a recuperar seus créditos no mercado ganhando em tempo, agilidade e escalabilidade.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Investigação